Como vencer a preguiça e manter os treinos no inverno

Imagem

E aí corredores!

O frio está chegando… e começa aquela dificuldade para calçar o tênis e sair pra treinar. Devido a isto, resolvi preparar um post sobre como não deixar a peteca cair no inverno.

São 4 dicas power! Boa leitura!

1. Calendário de treinos: Marque no seu calendário os dias e horários que você vai treinar nas próximas 4 semanas. Esta dica é princípio básico não só na corrida como na vida de modo geral. É comprovado que marcar em uma agenda/calendário os futuros objetivos aumenta consideravelmente as chances dele se concretizar. E faça essa marcação dos dias/horários no mesmo calendário que você já usa para o seu dia a dia, isso vai ajudar você a casar os happy-hours, churrascos, baladas, etc com os treinos. Por exemplo: se você tem um treino agendado para domingo de manhã, já saberá que não poderá ir para a balada ou encher a cara no sábado a noite. Ou, se apareceu algo imperdível para sábado a noite, antecipe seu treino para sábado a tarde.

2. Assuma compromissos: Esta é a dica mais certeira, nada como compromissos pra fazer a gente se mexer. A melhor maneira é se inscrever em uma prova, onde você dependerá de manter os treinos no inverno pra conclui-la (mas inscreva-se mesmo… faça o pagamento da inscrição e tal).

Esta futura prova pode ser uma meta ousada, como correr uma maratona daqui um ano, ou correr uma meia maratona daqui 8 meses, enfim, essa meta vai variar de acordo com o nível que você está. Sempre faça aumento de quilometragem com a orientação de um profissional. Ao decidir a meta, compartilhe a notícia com o maior número de pessoas possível.

Outra forma de compromisso é arrumar um parceiro(a) ou grupo de treino, assim vocês combinam um horário e você não vai furar porque a outra pessoa estará esperando por você. Bem importante: Pense bem na escolha do parceiro, esta será uma linha tênue entre manter firme os treinos ou afundar o barco de uma vez.

3. Reconheça seus pontos fracos: Pare 3 minutos para pensar nas últimas vezes que você planejou correr mas acabou desistindo. Qual era a situação? Em que momento você estava? O que aconteceu? Reconhecer o que houve e evitar a mesma situação na próxima vez, é uma dica chave para manter os treinos. Por exemplo: No último domingo eu deveria ter corrido 10 km, agendei o treino para as 17h. Aconteceu que no decorrer do dia, dormi até mais tarde, o almoço atrasou, foi batendo a preguiça, e pronto… lá se foi o treino. Reconheci meu erro: nos finais de semana, não posso deixar para treinar no fim do dia. A partir de hoje todos os meus treinos de final de semana serão de manhã, logo após acordar.

4. O que os olhos vêem, o corpo sente: Dica simples, mas muito eficiente… assista a vídeos de corrida antes do treino. Da mesma forma que você vê o comercial do Burguer King… aqueles lanches enormes, saborosos, picanha grelhada, bacon, hmmm acho que vou comer um quando acabar de escrever este post … da mesma forma que esses comerciais nos deixam salivando, os videos de corrida colocam aquela coceira nos pés, faça o teste!

Imagem

Além disso, segue alguns dados (corredor adora dados, gráficos, pesquisas rs):

• A temperatura ideal. Segundo o site Team Oregon, a temperatura ideal para a performance em corridas de longa distância é entre 10-13 graus Celsius (50-55 F.). Acima desta temperatura haveria queda na performance de até 2% para cada 3 graus Celsius (5 graus F.).

• Ganho de performance. Está comprovado que a maioria dos recordes em corrida são estabelecidos em temperaturas de 10ºC a 16ºC, ideal para quem pratica o esporte, já que não se perde muita energia tentando controlar a temperatura do corpo. O que facilita o aumento do volume de treino, com mais qualidade, melhorando o desempenho.

• Gasto calórico. Um estudo do Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (SP) aponta que fazer exercício no frio pode aumentar em até 30% a queima de calorias. Uhuuuu, vamos correr.

Bem importante: Hidrate-se. Mesmo no inverno, o corpo necessita de hidratação, pode usar aquela média que já estamos cansados de ouvir: 2 litros de água por dia – no mínimo!

Fontes:

correndodebemcomavida.blogspot.com.br

endorfinando.com.br

runnersworld.abril.com.br

corredortrainer.com.br

dicasdetreino.com.br

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s